Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo
Direção Regional do Ambiente
Rede Hidrometeorológica dos Açores

Rede Hidrometeorológica dos Açores

Para uma gestão eficaz da água dos Açores, promoção do planeamento integrado dos recursos hídricos regionais e implementação de medidas de requalificação, conservação e correção da rede hidrológica torna-se fundamental aprofundar o conhecimento do ciclo hidrológico, compreender e analisar o comportamento dos meios hídricos, sendo para tal essencial a obtenção de registos meteorológicos, hidrológicos e udométricos através da implementação de uma rede de monitorização hidrometeorológica.

Na Região Autónoma dos Açores, até 2009, o Governo Regional dispunha de uma rede hidrometeorológica vocacionada para a gestão dos recursos hídricos, constituída por 18 estações hidrométricas, 22 estações udométricas e 3 postos meteorológicos, distribuída pelas ilhas de São Miguel, Pico, Flores e Corvo. A recolha dos dados hidrometeorológicos era assegurada, semanalmente ou diariamente, por observadores.

Dos principais fatores que condicionavam a medição sistemática e fidedigna das disponibilidades hídricas destacavam-se a inadequação às características hidrológicas dos Açores, de regime torrencial, gerando perda de equipamentos e inviabilizando a avaliação dos caudais, a distribuição espacial e variação temporal e a difícil acessibilidade às estações para recolha manual de dados. No caso particular dos Açores, constituído por 9 unidades territoriais distintas, em 2010, procedeu-se à implementação da rede hidrometeorológica automática com teletransmissão de dados, diminuindo substancialmente as dificuldades logísticas e operacionais. Esta rede permite a aquisição e disponibilização de informação em tempo real, em intervalos de tempo adequados. A informação recolhida consubstancia uma melhoria de conhecimento relevante para a gestão dos recursos hídricos, maximizando os benefícios decorrentes de um conhecimento técnico e científico permanente, atualizado e disponível a qualquer cidadão para fins pessoais, profissionais e científicos. Os dados hidrometeorológicos constituem, ainda, informação de base para modelos preditivos, os quais configuram uma medida de mitigação dos fatores de risco (cheias e movimentos de massa), permitindo às entidades envolvidas na proteção civil e demais entidades agirem em defesa de populações, infraestruturas e ambiente.

Atualmente, existe um total de 99 estações automáticas, estrategicamente distribuídas pelas nove ilhas do arquipélago.

Em 2013, a plataforma online da Rede Hidrometeorológica dos Açores foi vencedora do 1.º prémio da categoria de Information Technology do Green Project Award.

Em caso de utilização dos dados aqui constantes, utilizar a seguinte citação:

Direção Regional do Ambiente
Rede Hidrometeorológica dos Açores
http://servicos-sraa.azores.gov.pt/morhi
Consulta efetuada a (data da consulta)